Conecte-se

FacebookTwitter

Cabelos lindos


A questão é complexa, mas, tirando a insatisfação freqüente da mulherada o conceito de ter cabelos lindos é bem simples. Cabelos saudáveis, com brilho, movimento, luminosos, bem tratados, perfumados, com o volume na medida certa e que faz com a mulher se sinta bem com a sua aparência, elevam a auto-estima e o bem-estar. É um sonho realizável por qualquer pessoa de bem com a vida, que tenha prazer em cuidar de si e reservar um tempo para cultivar sua beleza interior e exterior. Simples!

Tenha um cabelo impecável

A moda atual valoriza a mulher que assume sua beleza pura e individual. E para tanto que tal aderir à tendência de usar os finalizadores. Sim, só isso! Hoje em dia eles têm ação de tratamento e não deixam o aspecto de molhado, duro ou pesado, que é totalmente over. Consiga um efeito especial:

  • O leave-in é a pedida perfeita porque hidrata, facilita o desembaraço e permite que os fios sequem naturalmente. Se quiser, pode reaplicar o creme ao longo do dia para amansar os eriçados e controlar o armado.
  • Adote o mousse, que pode ser utilizado de duas formas: nas mechas úmidas ajuda a modelar e dá volume na medida certa; nas secas confere uma aparência mais leve, solta e ainda facilita o alisamento da escova ou define os cachos se você amassá-los.
  • Pomada é o ideal, pois valoriza as linhas do corte, em especial o desfiado das pontas, deixando-o mais marcado. Passe uma pequena quantidade no cabelo seco, evitando o contato com a raiz, e inicie a aplicação pelo comprimento.

A duquesa de Cambridge ou simplesmente a lindíssima Kate Middleton é dona de cabelos compridos, invejáveis e super bem cuidados.

Exagerou na oxigenada, amiga?

No salão peça Kérathermie, da Kérastase devolve a vida às mechas usando concentrado selador de cutículas, óleo nutritivo, máscara hidratante e texturizador. Por fim é feita escova e chapa para fixar os nutrientes no interior da fibra capilar. Em casa, use cremes com substâncias umectantes e emolientes (colágeno, proteína, silicone), para doar a água perdida aos fios.
Para cabelos rebeldes e armados, a dica é o UniHair Japanese Relaxer System combina loção e creme à base de chá verde, queratina e shitake para nutrir a fundo. Mas, se você preferir uma produção caseira, use máscara com queratina, óleo de abacate e silicone para amansar as mechas.

Brilho é tudo!

Cabelos radiantes são sinônimos de saúde, beleza e sedução. Pena que esse visual seja constantemente ameaçado com nossas próprias atitudes cotidianas… Vale lembrar que o abuso da química, alisamento ou relaxamento, além das constantes escovas e chapinhas danificam as proteínas da cutícula e o resultado: mechas ressecadas, espigadas, quebradiças, estáticas, feias, enfim, nada bonito de se ver. Mas relaxe, pois essa história pode ter um final feliz: é só apostar na boa hidratação!

Saiba como adaptar o corte ao seu tipo de cabelo e, assim, garantir sua satisfação: 

Se a sua cabeleira é lisa ou ondulada, a recomendação dos experts é deixar as pontinhas desestruturadas e leves. Os cacheados e crespos também podem ser repicados, desde que em dégradé – é assim que o armadão é evitado e se confere um caimento perfeito. Se fizer questão de franja, tose a partir do queixo, ok?

Cortar é preciso

Cabelos compridos ainda são os mais desejados pela maioria, especialmente quando a intenção é ser atraente. Mas, cortar um pouco não faz mal a nenhum fio, além de estar na moda. Quer cortar ou mudar radicalmente mas está sem coragem?
Converse francamente com seu cabeleireiro e peça para ele orienta-la, mas deixe bem claro o quanto você quer de corte. Se estiver em dúvida quanto ao comprimento, fique tranqüila, liberdade é a palavra de ordem.

 

Cabelos lindos

Fonte matéria:
 Diário da Beleza
Link original matéria:
Veja mais no site:
Matéria escrita por:
 Diário da Beleza


Curtir Twittar



Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>